archive-org.com » ORG » M » MPPM-PALESTINA.ORG

Total: 440

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Governo espanhol exclui universidade israelita do Decatlo Solar Europa
    de Arquitectura de todo o Mundo que vão competir nas finais da competição Decatlo Solar Europa 2010 que vão ter lugar em Madrid em Junho de 2010 O CUAS está instalado no colonato ilegal de Ariel na Cisjordânia ocupada O Decatlo Solar é uma competição mundial realizada bienalmente há uma década pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos que desafia as universidades a projectar e construir uma casa auto suficiente utilizando exclusivamente energia solar O Decatlo Solar Europa vai realizar se pela primeira vez em resultado de um acordo entre os Governos de Espanha e dos Estados Unidos e tem os mesmos objectivos de estimular a pesquisa nos domínios da sustentabilidade e das energias renováveis A competição é organizada pelo Ministério da Habitação de Espanha em colaboração com a Universidade Politécnica de Madrid a Câmara Municipal de Madrid e o Departamento de Energia dos EUA Sergio Vega Director Geral do Decatlo Solar Europa 2010 justificou assim a exclusão do CUAS A decisão foi tomada pelo governo espanhol baseada no facto de a Universidade estar situada na Cisjordânia O governo espanhol está obrigado a respeitar os acordos internacionais no quadro da União Europeia e das Nações Unidas respeitantes a esta área

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/campanha-bds/143-governo-espanhol-exclui-universidade-israelita-do-decatlo-solar-europa (2016-04-25)
    Open archived version from archive


  • Veolia fora do Metro de Jerusalém
    e do respeito ético O Metro Ligeiro de Jerusalém pretende ligar em território palestino ocupado os colonatos à cidade de Jerusalém em clara violação do Direito Internacional De facto a IV Convenção de Genebra relativa à protecção de civis em tempo de guerra aprovada em 12 de Agosto de 1949 e em vigor desde 21 de Outubro de 1950 protege os direitos das populações dos territórios ocupados Jerusalém Oriental Cisjordânia e Gaza são territórios ocupados por Israel na sequência da Guerra dos Seis Dias e interdita toda a forma de colonização desses territórios Na sua edição de 5 de Junho em artigo do seu correspondente em Jerusalém o jornal Le Monde enuncia as perdas recentes sofridas pela Veolia No início do ano perdeu a gestão que detinha do metro de Estocolmo Em meados de Março a Veolia foi afastada da gestão de recolha de resíduos da cidade de Sandwell no Reino Unido um negócio avaliado em 1600 milhões de euros Em Abril foi a vez de a cidade de Galway na Irlanda não renovar o contrato de distribuição de água com a Veolia Ainda em Abril em Bordéus a Veolia perdeu um contrato de transportes no valor de 750 000 euros O jornal cita o comentário de uma fonte da empresa É normal na vida de uma empresa perder mercados Em Bordéus as autoridades locais tinham vontade de experimentar outro operador Na Escandinávia e no Reino Unido a campanha pode ter nos custado um pouco caro Ainda citado pelo Le Monde Barghouti contrapõe Desde o início do ano a Veolia perdeu 7 mil milhões de dólares em mercados potenciais A menos que se considere que os gestores da empresa se tornaram de repente incompetentes é evidente que o negócio do metro denegriu a sua imagem Num artigo divulgado na edição

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/campanha-bds/92-veolia-fora-metro-jerusalem (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • O Que é o Movimento BDS?
    na África do Sul através de variadas formas de boicote desinvestimento e sanções e Inspirados pela luta do povo da África do Sul contra o apartheid e dentro do espírito da solidariedade internacional da coerência moral e da resistência à injustiça e à opressão Nós representantes da sociedade civil Palestina apelamos às organizações da sociedade civil internacional e à consciência dos povos em todo o mundo para imporem amplos boicotes e implementar iniciativas de desinvestimento contra Israel semelhantes às aplicadas à África do Sul no tempo do apartheid Apelamos a que pressionem os seus respectivos Estados para que imponham embargos e sanções contra Israel Convidamos também os Israelitas conscienciosos a apoiar este Apelo a bem da justiça e da paz verdadeira Estas medidas punitivas não violentas devem ser mantidas até que Israel cumpra a sua obrigação de reconhecer o direito inalienável do povo Palestino à autodeterminação e cumpra plenamente com os preceitos do Direito Internacional 1 Pondo termo à ocupação e colonização de todos os territórios árabes e desmantelando o Muro 2 Reconhecendo os direitos fundamentais dos cidadãos Árabes Palestinos de Israel à plena igualdade e 3 Respeitando protegendo e promovendo os direitos dos refugiados Palestinos ao regresso às suas casas e propriedades como estipulado na resolução 194 da ONU Este Apelo foi adoptado em 13 de Julho de 2005 pela Conferência das Nações Unidas da Sociedade Civil Internacional pela Paz no Médio Oriente realizada em Paris 2 O Boicote Embora as campanhas de boicote sejam avaliadas em função do seu impacte económico o seu sucesso é também determinado pela sua capacidade para modificar a opinião e as posições políticas Uma campanha é avaliada pelo seu impacte económico pela sua exposição nos meios de comunicação pela mudança do discurso da opinião pública no que respeita à compreensão da luta do povo palestino e pelo impacte psicológico sobre o ofensor quanto à inaceitabilidade da sua conduta O boicote pode assumir nomeadamente as seguintes formas i Boicote Académico e Cultural A cooperação académica e cultural reforça a imagem de Israel nos palcos internacionais Recusando participar em intercâmbios culturais artistas e instituições culturais de todo o mundo podem enviar a Israel uma mensagem clara de que a sua ocupação e discriminação contra os Palestinos é inaceitável Em particular o boicote académico pode ter impacte significativo nas instituições responsáveis por promover as teorias e os conhecimentos necessários para o prosseguimento por Israel das suas políticas de ocupação e discriminação ii Boicote ao Consumo Os consumidores individuais podem mostrar a sua oposição aos projectos de Israel participando num boicote ao consumo de produtos e serviços israelitas O boicote o consumo actua de duas formas primeiro criando má publicidade para o ofensor e depois exercendo pressão económica para a mudança iii Boicote Desportivo Os acontecimentos desportivos internacionais podem desempenhar um papel importante na construção da imagem de um país no resto do mundo Um boicote desportivo a Israel enviaria uma mensagem poderosa de que a sua política de ocupação expulsão e racismo contra os Palestinos são

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/campanha-bds/91-que-e-movimento-bds (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Viagem à Palestina na RTP
    Processos de Paz Docs de Referência About Us Statute Organization News Home Concurso Escolar Viagem à Palestina na RTP 20 Fev 2011 VIAGEM À PALESTINA EM REPORTAGEM DA RTP Os jovens que se deslocaram à Palestina numa viagem oferecida pelo MPPM com o patrocínio da Delegação Geral da Palestina e que constituiu o Prémio Especial do Júri do Concurso Escolar Paz para a Palestina foram recebidos à chegada a Lisboa

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/concurso-escolar/230-viagem-a-palestina-na-rtp (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Viagem à Palestina culmina Concurso Escolar 2010
    Docs de Referência About Us Statute Organization News Home Concurso Escolar Viagem à Palestina culmina Concurso Escolar 2010 VIAGEM À PALESTINA CULMINA EDIÇÃO 2009 2010 DO CONCURSO ESCOLAR A viagem à Palestina Prémio Especial do Júri do Concurso Escolar oferecido pela Delegação Geral da Palestina decorreu entre 22 e 30 de Julho de 2010 A delegação integrou onze alunos Ana Lourenço André Pato Inês Silva Jéssica Roque e Rafael Monteiro da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Poceirão Palmela Ana Real Andreia Fernandes e Sara Costa da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Real Braga Ana Pinho Ana Bastos e Cátia Almeida da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Carregosa Oliveira de Azeméis três professores Professor Aníbal Serra da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Poceirão Palmela Professora Carla Ferreira da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Real Braga Professor Nelson Gomes da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Carregosa Oliveira de Azeméis um representante da Delegação Geral da Palestina o jornalista José Manuel Rosendo e em representação do MPPM Amador Clemente Baseado em Ramallah o grupo visitou Jericó Jerusalém Oriental Nablus Belém e Hebron Para além das

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/concurso-escolar/219-viagem-a-palestina-culmina-concurso-escolar-2010 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Viagem à Palestina 2010
    ao Hotel para lhe dar as boas vindas Deslocou se no dia seguinte a Jerusalém Oriental tendo visitado nomeadamente o Monte das Oliveiras o Santo Sepulcro e o Muro das Lamentações O terceiro dia da vista foi passado em Nablus onde a delegação portuguesa foi recebida na União Democrática das Mulheres no Governo Civil onde teve um encontro com o Governador Civil na Câmara Municipal onde foi recebida pelo seu presidente na Universidade de An Najam onde foi recebida por um representante do reitor e se avistou com uma professora portuguesa Dra Micaela Miranda que exerce actualmente a sua actividade no Freedom Theatre em Jenim e que irá ser a leitora do primeiro curso de língua portuguesa a ser ministrado na Palestina Houve ainda uma visita ao Centro Cultural EVE e um passeio a pé pela zona histórica da cidade O dia terminou com uma visita ao Campo de Refugiados de Balata No dia seguinte a comitiva portuguesa deslocou se a Belém onde foi recebida na sede da Juventude da Fatha tendo partido daqui acompanhada de um grupo de jovens para uma passeio pela cidade que incluiu a Igreja da Natividade À tarde visitou a Associação de Presos Políticos Palestinos o Campo de Férias Feminino da Juventude da Fatah e o Campo de Refugiados de Aida terminando o dia no Campo de Pastores de Beit Sahur onde foi recebida pelo Presidente do Município que nesse mesmo dia havia regressado de Portugal O quinto dia foi passado em Ramallah Iniciou se na Representação Diplomática de Portugal na Palestina onde a delegação teve uma entrevista com o Embaixador Jorge Torres Pereira Dirigiu se depois acompanhada pelo Embaixador Português para a Fundação Yasser Arafat onde foi recebida pelo seu presidente Dr Nasser Alkudwa Após um encontro como Dr Nabil Shaath ex Ministro dos Negócios Estrangeiros o grupo dirigiu se à Universidade de Birzeit onde foi recebido por Heba Hammad responsável pelas Relações Públicas da Universidade De tarde teve uma reunião no Ministério dos Negócios Estrangeiros Departamento de Negociações com o Dr Xavier Abu Eid após o que se dirigiu a casa do Padre Católico Manuel Mussalam que é membro do Movimento Nacional para a Libertação da Palestina e Presidente do Departamento Cristão Mundial Uma visita ao Túmulo de Yasser Arafat antecedeu o jantar na companhia do novo Embaixador Palestino em Portugal Dr Mufeed Shami O penúltimo dia da visita começou por Hebron onde a delegação foi recebida na Câmara Municipal pelo seu Presidente Khaled Osaily seguindo se uma visita à Cidade Velha Seguiu se o almoço em Betomar e o regresso a Ramallah O último dia foi gasto no regresso a Amã rumo a Lisboa Para além das visitas e dos contactos institucionais do convívio com os palestinos e em especial com os seus jovens de ser informado sobre a história a cultura e o quotidiano do povo o grupo teve oportunidade de sentir a violência gratuita dos israelitas nos check points a provocação dos colonatos a omnipresença do muro da separação Testemunhos

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/concurso-escolar/218-viagem-a-palestina-2010 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Trabalhos Premiados
    Sousa Gonçalves 6º ano Professor Jorge Manuel Pereira Pacheco Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Francisco Torrinha Porto Área de Artes Plásticas Júri Jorge Melício e J Leitão Baptista Escalão A 3º Ciclo 1º Prémio Alunos Ana Filipa da Cunha Leal Andreia Rafaela Gomes Fernandes e Sara Cristiana Marques Costa 7º ano Professora Carla Sílvia de Vasconcelos Ferreira Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Real Braga 2º Prémio Alunos Bruno José Morais Mendes Diogo André Mendes Sousa Guilherme José Matos Fortuna e João Bernardo Canário 8º ano Professora Maria da Luz Rodrigues Silva Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Teixoso Covilhã 3º Prémio Alunos Cristina Matos Fonseca e Inês Isabel Barroso da Fonseca 8º ano Professora Maria da Luz Rodrigues Silva Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Teixoso Covilhã Escalão B 2º Ciclo 1º Prémio Aluna Ana Sofia Pereira 5º ano Professora Júlia Maria Ramos Correia Instituto de Almalaguês Coimbra 2º Prémio Aluna Sofia Freitas do Amaral Egido Serrano 5º ano Professor Jorge Manuel Pereira Pacheco Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Francisco Torrinha Porto 3º Prémio Alunos Inês Duarte Victor Jacques de Sousa 6º ano Professor Jorge Manuel Pereira Pacheco Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Francisco Torrinha Porto Área de Artes Performativas Júri Maria do Céu Guerra e Sofia Silva Escalão A 3º Ciclo 1º Prémio Alunos André Pato da Silva Inês Sofia Ribeiro Silva João Luís Morais Caroço Rita Alexandra Ferreira Oliveira e Miguel Ângelo Moreira de Oliveira 7º ano Professor Aníbal José Ribeiro Serra Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Poceirão Palmela Escalão B 2º Ciclo 1º Prémio Alunos Manuel Pessanha Amaral Renato Gromicho Cardoso Sofia Feliciano Melo e Verónica Raissa S Maciel 5º ano Professora Ana Sofia Monteiro Escola Básica e Secundária da Madalena

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/concurso-escolar/203-premiados-do-concurso-escolar (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Entrega de Prémios do Concurso Escolar
    dia 22 de Maio no espaço cedido pela Câmara Municipal de Lisboa do Museu Biblioteca República e Resistência onde ficaram patentes ao público no Museu até ao dia 26 de Maio os trabalhos premiados de produção escrita e artes plásticas A cerimónia foi conduzida por Júlio de Magalhães que presidiu ao júri assistido por Amador Clemente coordenador executivo do Concurso Contou ainda com a presença da Embaixadora Randa Nabulsi que deu um apoio inexcedível à iniciativa e com alguns dos membros do júri que fizeram a entrega dos prémios O auditório nesse sábado esteve pleno de alunos professores e convidados de todas as idades avós e irmãos de tenra idade que vieram de quase todo o território nacional à excepção dos alunos premiados da Ilha do Pico Açores que tiveram grande dificuldade em conseguir a viagem ao Continente Foi com grande entusiasmo que estes jovens estiveram a assistir à leitura dos textos e projecção dos vídeos dos trabalhos premiados e com grande emoção e respeito foram recebendo os prémios e o keffiyeh lenço que ficou bem conhecido nos anos 60 por se ter tornado um símbolo do nacionalismo Palestino que a Embaixadora Randa Nabulsi Delegada Geral da Palestina foi colocando sobre os ombros de cada premiado alunos e professores Um momento alto registou se quando a Embaixadora anunciou o Prémio Especial do Júri constituído por viagens à Palestina para alunos vencedores e para os professores orientadores durante uma semana acompanhados por representantes da Delegação Geral da Palestina e do MPPM Os premiados foram Ana Isabel Silva Lourenço Carla Felícia Mira Adriano Jéssica Alexandre Pinto Roque Rafael Alexandre Alegria Monteiro Simaura Alexandre Marques Faria e Professor Aníbal José Ribeiro Serra da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Poceirão Palmela Ana Filipa da Cunha Real Andreia Rafaela Gomes Fernandes e

    Original URL path: http://www.mppm-palestina.org/index.php/concurso-escolar/197-entrega-de-premios-do-concurso-escolar (2016-04-25)
    Open archived version from archive



  •